Skip to content

Programação

Salão Nobre da Associação Comercial de Pelotas – Rua Sete de Setembro, 274- 7º andar.

Auditório do Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo – Rua General Osório, 725.

22/09 – quarta-feira 23/09 – quinta-feira 24/09 – sexta-feira
     
08h – CredenciamentoLocal: Salão Nobre da Associação Comercial de Pelotas. 09h – 12hLocal: Auditório do Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo.COMUNICAÇÕES – Sessão MuseusCOMUNICAÇÕES – Sessão Conservação e Restauro 9h – 12hLocal: Auditório do Museu de Arte Leopoldo GotuzzoCOMUNICAÇÕES – Sessão Patrimônio ArquitetônicoCOMUNICAÇÕES – Sessão de Patrimônio Imaterial
08:30 -12hLocal: Auditório do Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo.COMUNICAÇÕES – Sessão Memória 09h – 12hLocal: Salão Nobre da Associação Comercial.COMUNICAÇÕES – Sessão Educação PatrimonialCOMUNICAÇÕES – Sessão Acervos 9h – 12hLocal: Salão Nobre da Associação Comercial.COMUNICAÇÕES – Sessão Patrimônio Arqueológico COMUNICAÇÕES – Sessão Patrimônio e Turismo
     
14h – 17hLocal:Auditório do Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo.Mesa Temática – Design, Tradição e Sociedade.Coordenação: Prof. Fernando Igansi Nunes 14h – 17hLocal: Auditório do Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo. Mesa Temática: Fotografia e Memória em Acervos e Arquivos.Coordenação: Profª Francisca Ferreira Michelon 14h – 17hLocal:Auditório do Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo. Mesa Temática- Serra dos Tapes: Mosaico de Tradições Étnicas e Paisagens Culturais.Coordenação: Prof. Fábio Vergara Cerqueira                                                         
14h – 17hLocal: Salão Nobre da Associação Comercial.Mesa Temática – Arte e Patrimônio: Modernidade e Tradição.Coordenação: Profª. Ursula Rosa da Silva 14h – 17h, Local: Salão Nobre da Associação Comercial.Mesa Temática – Práticas de Análise e de Intervenção em Conservação e Restauro de Bens Culturais.Coordenação: Profª Daniele Baltz da Fonseca 14h – 17hLocal: Salão Nobre da Associação Comercial de Pelotas.Mesa-Redonda –  Memória e Transmissão.Coordenação: Prof. Lúcio Menezes Ferreira 

 “Tradição e memória no Inventário português”.

Paulo Costa, Ministério da Cultura de Portugal. 

« O nativo e o museólogo : a cada um seu museu de identidade (a respeito do Museu Arlaten”.

 Sylvie Sagnes, Musée Arlaten, CNRS, França. 

 “A arqueologia e o ressurgimento das identidades indígenas no noroeste argentino: memória, transmissão científica e reelaborações atuais”.

Javier Nastri, Universidade de Buenos Aires.

17:30 – 18:30 Local: Salão Nobre da Associação Comercial Apresentação de filme. 17:30 – 18:30Local: Salão Nobre da Associação Comercial Apresentação de filme. 17:30 – 18:30Local: Salão Nobre da Associação Comercial Apresentação de filme.
19h Local: Salão Nobre da Associação Comercial Abertura oficial do eventoProfª Maria Letícia Mazzucchi Ferreira

Prof. Sidney Gonçalves Vieira

19:30

Conferência de Abertura

Coordenação: Profª Maria Letícia Mazzucchi Ferreira

 “Retradicionalização  e mercantilização do patrimônio cultural como expressão das tendências do capitalismo global: o caso do México”

Antonio Machuca, Instituto Nacional de Antropologia, México 

19hLocal:Salão Nobre da Associação Comercial de PelotasMesa-Redonda – Memória e Tradição.Coordenação: Prof. Paulo Ricardo Pezat

 “A suspensão do passado da escravidão e de vodu no Benin meridional”.

Gaetano Ciarcia, Universidade de Montpellier, França.

 “Reflexões desde a margem: tradição e ressignificação do passado” .

Marta Dujvones, Museu Etnográfico da Universidade de Buenos Aires, Argentina. 

 “Entre a memória e a desmemoria: os indios e os negros no Uruguai”.

Jose Lopez Mazz, Universidade de La Republica, Uruguai. 

19hLocal:Salão Nobre da Associação Comercial de PelotasConferência de Encerramento.Coordenação: Profª Margarete R. Freitas Gonçalves

 “Memoria coletiva e identidade narrativa”.

Cornélia Eckert, PPGAS, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 

 

Comunicações e Mesas temáticas

Local: Auditório do Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo – Rua General Osório, 725.

Quarta-feira – 22/98:30/12h 

Sessão Memória

Imigração japonesa no Rio Grande do Sul: Resgate da memória Nikkei no centro do estado

Ana Carla Cravo ; Humberto Gomes Alagia Júnior

A Companhia de Fiação e Tecidos Pelotense: Patrimônio industrial tecendo memórias

Aline Carvalho Porto;  Mariana Couto Gonçalves

Percursos urbanos e memória: Uma leitura a partir de Walter Benjamin

Beatriz Rodrigues Ferreira

As memórias e experiências do cinema na cidade de Curitiba estudadas pela história oral

Fernando Bagiotto Botton; Naiara Krachenski; Bárbara Lagos

Instituições e Memória: Pensando o Patrimônio Cultural da Saúde em Porto Alegre

Beatriz Teixeira Weber

Resgate da memória através do “programa Conexão de Saberes”

Renata Baldin Maciel

Fotografia e Memória: Um resgate da atuação dos primeiros fotógrafos no município de Santa Maria-RS

Tatiane Vedoin Viero

A cultura do ouro na cidade de São João Del – Rei: Passado e presente se emergem do mundo subterrâneo

Ana Flávia Nascimento Paes

O lugar do Ceará na política de salvaguarda da memória popular tradicional: A experiência do Centro de Referência Cultural – CERES (1976-1990)

Antonio Gilberto Ramos Nogueira

Memória, Tradição, Patrimônio – O Moderno em busca da Tradição Nacional

Ana Lúcia de Abreu Gomes

A Preservação da Memória através do Ciberespaço

Fernanda Rocha ; Gabriela Pontes

A Memória na Tradição Cristã

Caterine Henriques Mendes

Cultura política, memória e patrimônio cultural na organização política Movimento Revolucionário 8 de Outubro (MR8)

Eladir Fátima Nascimento dos Santos

Garimpando memórias da prática equestre do hipismo em Porto Alegre na Revista do Globo (1929-1967)

Ester Liberato Pereira ; Vanessa Bellani Lyra ; Janice Zarpellon Mazo

Cultura popular, memória e tradição oral: Encruzilhadas de sentidos e práticas sociais

Luiz Eduardo Pinheiro Sarmento

D. Marina de Moraes Pires e a fundação da EBA: entre a memória e a história

Clarice Rego Magalhães

14:00/17:00

MESA TEMÁTICA Design, Tradição E Sociedade

Coordenador: João Fernando Igansi Nunes

Memória Gráfica de Pelotas: 100 anos de Design

João Fernando Igansi Nunes

Tradição gráfica em Pelotas: Estudo de mapeamento da indústria gráfica com base nos anúncios publicados no Álbum de Pelotas 1922 e Almanach de Pelotas 1920-1929

Nadia Miranda Leschko

Almanaques e tradição gráfica: estudo comparativo entre o Almanach de Pelotas e o Almanaque da Família da Sociedade Medicinal Souza Soares do ano de 1913

Paula Garcia Lima ; Francisca Ferreira Michelon

Das in/ex pressões em resgate a um século de Design em Pelotas: a pertinência de um estudo interdisciplinar

Ana da Rosa Bandeira ; Daniela Velleda Brisolara

Análise Gráfica do Álbum Litterário de 1875Danielle Neugebauer WIlle ; Mariana Britto Madruga da SilvaLitografia: uma Genial Invenção

Marcelo Da Silva Calheiros

Quinta-feira- 23/9

9:00/12h

 Sessão Museus

História, Literatura, Patrimônio e Museus

Noris Mara Pacheco Martins Leal

Pontos de Memória – Direito à memória, direito a museu

Mário de Souza Chagas ; Marcelle Pereira ; Inês Gouveia ; Cláudia Rose ; Sara Schubb; Wélcio de Toledo ; Daniel Mendes Fernandes

Centro histórico coronel pillar e museu histórico-cultural das irmãs franciscanas: práticas museológicas e preservação da memória

Janaina Charão Vargas ; Franciele Roveda Maffi ; Roselâine Casanova Corrêa

Um Museu e muitos livros: Um estudo sobre o acervo de livros escolares do Museu da Escola Catarinense (décadas de 20 a 70/século XX)

Maria Teresa Santos Cunha

Práticas epistolares e manuais de civilidade – os usos e as normas

Carla Rodrigues Gastaud

Sessão Conservação e Restauro

Processo de restauração de documento histórico da Associação Nacional de Criadores Herd-Book Collares: tradição no registro de gado

Eduardo Nobre Medeiros ; Andréa Lacerda Bachettini                                                                                          

Restauração das escaiolas da sede do Instituto João Simões Lopes Neto

Fabio Galli

14:00/17:00

 MESA TEMÁTICA:  Fotografia e memória em acervos e arquivos

Coordenadora: Francisca Ferreira Michelon

A fotografia como suporte da memória visual do trabalho: conceitos para um projeto de identificação e localização de acervos no Rio Grande do Sul

Francisca Ferreira Michelon ; Denise Bujes Stumvoll ; Luzia Costa Rodeghiero

Políticas públicas de preservação de acervos fotográficos tomando por referências o Arquivo Fotográfico de Évora e o acervo fotográfico do Museu Histórico Abílio Barreto

Ana Karina Ribeiro Bernardes

A experiência no Arquivo Fotográfico da Câmara Municipal de Évora como referência para o Arquivo Fotográfico Memória da UFPel

Renata Cardozo Padilha

Acervo fotográfico da Fábrica Rheigantz: tratamento, difusão e preservação do patrimônio cultural de Rio Grande

Rita de Cássia Portela da Silva

Memória e Fotografia

Maria Candida da Silveira Skrebsky

A documentação fotográfica integrante do patrimônio cultural da UFSM

Neiva Pavezi

Tradição e patrimônio nas fotografias da Oktoberfest da SOGIPA

Luzia Costa Rodeghiero

A Escola de Belas Artes de Pelotas Dona Carmen Trápaga Simões e a tradição no ensino de artes

Katia Helena Rodrigues Dias

Sexta-feira – 24/9

9:00/12h

Sessão Patrimônio Arquitetônico

Fortins e fazendas: patrimônio ibero-americano sulino. Jaguarão. RS

Ester Judite Bendjouya Gutierrez

Patrimônio construído x plantações: Sedes de fazendas ameaçadas no Sul do Rio Grande do SulAngélica Kohls SchwanzO patrimônio arquitetônico histórico cultural da cidade do Rio Grande – RS: uma investigação sobre o seu valor contingente

Rogério Piva da Silva

Patrimônio arquitetônico de Santa Maria: um exemplo de ecletismo

Carlos Fernando Guimarães Seffrin

Casa Astrogildo de Azevedo: patrimônio arquitetônico em prol da memória coletiva da cidade de Sta Maria

Lucas Figueiredo Baisch

O patrimônio particular: algumas considerações sobre as Fazendas Históricas do Vale do Paraíba (RJ)

Alexandre Pinheiro Ramos ; Helena Vieira Leitão de Souza

A ruína através de duas vertentes filosóficas

Dafne Marques de Mendonça 

Sessão Patrimônio Imaterial

Memória Jornalística da Região Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul: Preservação e Acesso

Cristina Strohschoen

Histórias de vidas vividas: uma pesquisa compartilhada sobre a cultura portuguesa da Ilha dos Marinheiros. Relatos audiovisuais em primeira pessoa.

Teresa Lenzi  ; Marcus Guimarães

Conservatório de Música de Rio Grande (1922-1954) Reflexões para possíveis ações no resgate da cultura imaterial

Gianne Zanella Atallah ; Isabel Porto Nogueira

Conhecimento tradicional associado das comunidades indígenas na Amazônia

Dionis Mauri Penning Blank

Cultura popular e tradição como elementos do patrimônio imaterial: a promoção da diversidade cultural e da identidade social

Yussef Daibert Salomão de Campos

A festa do rosário como parte integrante do patrimônio cultural da cidade de pombal/pb

Taise Costa de Farias ; Jovanka Baracuhy Cavalcanti Scocuglia

Performance como estratégia de resistência cultural

Adalberto Santos ; Diego Borges Cordeiro

Apontamentos sobre a fundação do Instituto de Cultura Física na cidade de Porto Alegre/RS (década de 1920-1930)

Carolina Dias ; Carolina Fernandes da Silva ; Janice Zarpellon Mazo

14:00/17:00

MESA TEMÁTICA Serra dos Tapes: mosaico de tradições étnicas e paisagens culturais

Coordenador: Fábio Vergara Cerqueira

Diversidade narrativa das memórias de ítalo-descendentes no Museu Etnográfico da Colônia Maciel, Pelotas, RS

Fábio Vergara Cerqueira; Luciana da Silva Peixoto; Cristiano Gehrke ; Rodrigo Dal Forno

O vinho e a italianidade na Vila Maciel

Daniel Peter Victoria

Memórias Míticas: uma proposta de análise sobre as narrativas orais dos descendentes pomeranos da Serra dos Tapes/RS

Gislaine Maria Maltzahn

O patrimônio identificado e a ruralidade ressignificada na Colônia de Pelotas/RS

Karen Melo da Silva

“La Mèison Beteind”: Uma herança ítalo-francesa na Serra dos Tapes no município de Pelotas

Margareth Acosta Vieira ; Leandro Ramos Betemps

Influências da cultura pomerana nos sítios rurais pelotenses: um estudo de caso

Vanessa Patzlaff Bosenbecker ; Fábio V. Cerqueira

 

Comunicações e Mesas Temáticas

Local: Salão Nobre da Associação Comercial de Pelotas – Rua Sete de Setembro, 274- 7º andar. 

Quarta-feira – 22/9    

14:00/17:00

Sessão – Acervo   
MESA TEMÁTICA Arte e patrimônio: modernidade e tradição – Coordenadora: Ursula Rosa da SilvaCultura Visual e História da Arte: a tradição do olhar sob a perspectiva pós-moderna

Ursula Rosa da Silva

A importância dos salões de arte de pelotas a partir do registro e da repercussão na mídia impressa

Aydê Andrade de Oliveira

Construtores e artífices italianos no ecletismo do sul do Rio Grande do Sul: 1870-1931

Carlos Alberto Ávila Santos

Companhia Hydráulica Pelotense e suas tecnologias: Modernidade e progresso – contrapontos da tradição na virada do século XIX

Janaina Silva Xavier

Arte, lugar e memória: obras, espaços e lembranças em ressignificação

Roberto Heiden

A tradição no repertório vocal dos alunos do Conservatório de Música de Pelotas no período de 1918 a 1940

Isabel Porto Nogueira ; Yimi Walter Premazzi Silveira Junior

 

Quinta-feira- 23/9

9:00/12h

Estudo, catalogação e análise de Obras raras da Biblioteca da Faculdade de Direito da UFPEL, datadas até 1840 Aline Herbstrith BatistaPatrimônio documental: banco de dados de projetos do Centro de Artes e Letras da Universidade Federal de Santa Maria

Gilberto Fladimar Rodrigues Viana ; Daniel Flores

Memória da vida acadêmica: um programa de preservação para os registros de diplomas da UFSM

Débora Flores ;  Carlos Blaya Perez.

Os metadados como recurso à preservação digital do patrimônio documental

Denise Frigo

Acervo fotográfico da Fábrica Rheigantz: tratamento, difusão e preservação do patrimônio cultural de Rio Grande

Rita de Cássia Portela da Silva

O prontuário eletrônico de paciente  (pep) como  memória e patrimônio cultural

Jorge Alberto Soares Cruz; Daniel Flores; Gilberto Fladimar Rodrigues Viana; Marco Antônio da Luz

 

14:00/17:00 

MESA TEMÁTICA : Práticas de Análise e de Intervenção em Conservação e Restauro de Bens Culturais – 

Coordenadora: Daniele Baltz da Fonseca

Inventários do patrimônio cultural: evolução, definições e metodologia

Memória e tradição do patrimônio religioso:Restauração do Ex-voto Pictórico da CapelaNossa Senhora do Ó de Sabará- MG

Andréa Lacerda Bachettini

Identificação macroscópica da madeira no centro histórico de Pelotas – RS

Darci Alberto Gatto; Diego Martins Stangerlin; Margarete Regina Freitas Gonçalves; Leandro Calegari; Bruno Dufau Mattos 

 

Sexta-feira – 24/9

9:00/12h 

Sessão –Patrimônio Arqueológico 

A arqueologia histórica em Florianópolis e a preservação patrimonial: Legislação, conceitos e sítios arqueológicos

Fernanda Codevilla Soares ; Rossano L. Bastos; Fernando Coimbra ; Luiz Oosterbeek

O Patrimônio Arqueológico sob o viés da Tradição: O exemplo dos sítios arqueológicos pré-históricos de Cruz Alta – RS

Fernando Silva de Almeida

Por que Cruz Alta precisa de patrimônio arqueológico?

Jonathan Santos Caino.

Sessão – Educação Patrimonial  Daniele Behling Luckow.  Sessão – Patrimônio e Turismo 
Educação patrimonial em Santo Amaro do Sul: Metodologia e prática em torno dos patrimônios edificadosFelipe Rios Pereira ; Felipe Girardi ; Aline Martins LinharesEducação patrimonial no sítio trindade: vivendo experiências no Arraial Velho do Bom Jesus

Conceição Eymard de Araújo Fragoso; Maria Cristina Balbino Ribeiro Cabral

A pesquisa epistemológica qualitativa: a ênfase da singularidade nos estudos patrimoniais

Francisco Neylon de Souza Rodrigues 

Patrimônio, memória e educação: uma experiência em educação patrimonial

Leandro Henrique Magalhães

A avaliação em Educação Patrimonial: uma abordagem microssociológica

Gabriel Vinicius Vieira ; Aline Machado Krause

Levantamento fotogramétrico digital da antiga Cervejaria Sul Rio-GrandenseJeferson Duarte Salaberry ; Adriane Borda Almeida SilvaMonumento Igreja Nossa Senhora das Dores: contribuição ao estudo da evolução construtiva e da manutenção do patrimônio.

Abrahão Bernardo Rohden; Angela Borges Masuero; Bruno Pontes Mota; Daniela Dietz Viana; Daniele Baltz da Fonseca; Eduardo Polesello; Marília de Lavra ; Santiago Muñoz Navarrete

Verificação da eficácia do controle de umidade ascendente

Alessandra da Silva Arduim

Materiais e técnicas tradicionais: tintas para conservação do patrimônio cultural.

Marília de Lavra Pinto

São Manuel: conservação – restauração de uma escultura em madeira dourada e policromada

Keli Cristina Scolari

Restauração dos vitrais da igreja São Pedro de Porto Alegre

Mariana Gaelzer Wertheimer

O significado da Oktoberfest de Igrejinha através do olhar dos voluntários da festaKelly Raquel SchmidtO Patrimônio Histórico Cultural do tropeirismo: Subsídios para o turismo cultural no parque nacional de Aparados da Serra

Jaqueline Posser Gallina

A estrada de ferro Perus Pirapora: Problemáticas e reutilização de um patrimônio industrial

Ewerton Henrique de Moraes ; Eduardo Romero de Oliveira

Conic: “transgressão” na cidade patrimônio

Regina Coelly Fernandes Saraiva ; Rosecleide Neves Branco

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: